A (re)constituição da relação entre sujeito e escrita: análise de uma vivência

Fernanda Moraes D'Olivo, Laura Mingotti Muller

Resumo


Com base nos pressupostos teóricos e metodológicos da Neurolinguística Discursiva, analisaremos um recorte das atividades realizadas com uma criança de 11 anos que apresentava queixas de problemas de aprendizado de leitura e escrita. Realizada durante seu acompanhamento individual no Centro de Convivência de Linguagens – CCazinho – na Unicamp, ela consistiu na escrita, no computador, de um perfil dos personagens do filme Star Wars sugerida pelo sujeito. As análises nos mostraram que a escrita desse perfil,  devido ao seu interesse pelo filme e uso do computador, proporcionou uma relação de troca entre o sujeito e a sua interlocutora, assim como mostrou uma mudança de visão da criança em relação à sua própria escrita.

Palavras-chave


leitura e escrita; neurolinguística; computador e aprendizagem

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Leitura: Teoria & PráticaAssociação de Leitura do Brasil (ALB)
e-ISSN: 2317-0972 - ISSN da edição impressa: 0102-387X