Uma viagem pelos mundos secretos da infância: morte e eternidade em Cecília Meireles

Yara Máximo de Sena

Resumo


Cecília Meireles, além de grande poetisa, tem importante obra em prosa, da qual se destaca para este artigo o livro sobre suas memórias de infância Olhinhos de Gato. Publicado inicialmente em capítulos na
revista portuguesa Ocidente, nos anos de 1939 a 1940, Olhinhos de Gato mostra a leitura que a escritora faz de sua infância, revelando marcas fundamentais de sua obra como a efemeridade, a eternidade e
a fugacidade. Analisa-se o refrão da morte, presente neste livro de memórias, categorizando a morte como experiência, como sobrevivência e como superação, dialogando com outras fontes, como
excertos de crônicas publicadas pela escritora no Diário de Notícias, nos anos 1930, e uma entrevista realizada por Fagundes de Menezes publicada na revista Manchete.


Palavras-chave


Cecília Meireles; Olhinhos de Gato; memória; infância; morte.

Texto completo:

PDF

Referências


CANETTI, E. O sobrevivente. In: Massa e poder. São Paulo:

Melhoramentos; Brasília: Editora UNB, 1983.

CERTEAU, M. A invenção do cotidiano. Petrópolis: Vozes, 1994.

MENEZES, Fagundes de. Silêncio e solidão – dois fatores positivos na vida da poetisa. Revista Manchete, Rio de Janeiro, 3 out. 1953.

MEIRELES, C. Olhinhos de Gato. São Paulo: Moderna, 1983.

______. Cecília Meireles: poesia completa. Rio de Janeiro: Nova

Fronteira, 2001. v. 1-2.

______. A infância. Publicado no Diário de Notícias, 20 dez. 1930. In: Crônicas de educação. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001. v. 1.

______. O testemunho dos mortos. O Jornal, 3 mar. 1930. In: Episódio humano. Rio de Janeiro: Desiderata; Batel, 2007. Publicado originalmente n’ O Jornal, 3 mar. 1930.

NEVES, M. S. Paisagens secretas: memórias da infância. In: Cecília

Meireles: a poética da educação. Rio de Janeiro: Loyola, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34112/2317-0972a2009v27n52p41-49

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Leitura: Teoria & PráticaAssociação de Leitura do Brasil (ALB)
e-ISSN: 2317-0972 - ISSN da edição impressa: 0102-387X
DOI: https://doi.org/10.34112/2317-0972

Licença Creative Commons