Heterotopias e trajetividades: lugares para as diferenças nas subjetividades nômades

Alexandre Filordi de Carvalho

Resumo


A partir de duas experiências cinematográficas, Omar e  The giver (O doador de memória) como agenciamentos de signos da arte, busca-se, ao longo do texto, explorar a ideia de que heterotopias e trajetividades são noções importantes para se pensarem as diferenças no sentido de experiências de subjetividades nômades. Para tanto, é preciso combater a máquina de produção de subjetividades sedentárias. Dessa maneira, em um primeiro momento, desde uma hipótese proustiana, intenta-se entender o que são experiências com as heterotopias e as trajetividades, sobretudo a partir do filme Omar. Em segundo lugar, a partir de uma questão extraída do filme The giver, explora-se como o campo problematizador das diferenças pode ser afirmado entre a confrontação da máquina de produção de subjetividade sedentária e a máquina de produção de subjetividade nômade.

Palavras-chave


heterotopias; diferença; nomadismo

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, H. Entre o passado e o futuro. Trad: Mauro W. Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 2007.

CARVALHO, A. F. de; CAMARGO, A. C. de. Guattari e a topografia da máquina escolar. Revista Educação Temática Digital – ETD, v.17, n.1, , p.107-124, 2015.

DELEUZE, G. A imagem tempo:cinema 2. Trad. Eloisa de Araujo Ribeiro. São Paulo: Brasiliense, 2009.

______. Proust e os signos. Trad. Antonio Piquet e Roberto Machad. Rio de Janeiro: GEN; Forense Universitária, 2010.

______. El poder: curso sobre Foucault. Buenos Aires: Cactus Editorial, 2014.

______. GUATTARI, F. O anti-édipo. Trad. Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Editora 34, 2010.

______. Lignes de fuite: pour un autre monde de possibles. La Tours d’Aigues: L’aube, 2011a.

______. F. L’inconscient machinique: essais de schizo-analyse. Paris: ÉditionsRecherche, 2011b.

FOUCAULT, M. Les corps utopiques, les hétérotopies. Clamecy: Lignes, 2010.

GUATTARI, F. Caosmose: um novo paradigma estético. Trad. Ana Lucia de Oliveira e Leticia Claudia Leão. São Paulo: Editora 34, 1992.

PROUST, M. Em busca do tempo perdido. v. 1. No caminho de Swann. Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo: Globo, 1958.

RAMOS, G. Angústia. São Paulo: Biblioteca Folha, 2003.

VIRILIO, Paul. O espaço crítico. Trad. Paulo Roberto Pires. São Paulo: Editora 34, 1993.

Filmografia

O DOADOR de memórias. Direção de Phillip Noyce. [s.i.] EUA: Twc/waldem Media, 2013. (97 min.), som, cor.

OMAR. Direção de Hany Abu-assad. [s.i.] Palestina: AdoptFilms, 2013. (100 min.), P&B.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Leitura: Teoria & PráticaAssociação de Leitura do Brasil (ALB)
e-ISSN: 2317-0972 - ISSN da edição impressa: 0102-387X