Os desafios para a formação de alunos leitores: a análise de uma experiência na escola

João Marcos Pulz Araújo, Elvira Cristina Martins Tassoni

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de estudo de caso que teve o objetivo de analisar uma experiência em uma escola pública de cidade do interior do estado de São Paulo, denominada Projeto Sarau Literário, visando a desenvolver nos alunos o gosto pela leitura literária. O Projeto propõe diversas atividades, envolvendo o universo literário, que colaboram para aproximar os alunos de novas expressões culturais e estéticas relacionadas com a literatura. Pautados pela teoria histórico-cultural, identificamos, no projeto, fatores que contribuem ou dificultam a aproximação dos alunos da literatura e da leitura literária. Nesse recorte, destacamos a mediação pedagógica e as mudanças no comportamento de leitor dos alunos. Os resultados contribuem para as reflexões sobre a qualidade e a natureza da mediação e sua relação com a formação de leitores. Também evidenciaram que o Projeto Sarau Literário constitui proposta promissora para a formação de alunos leitores.

Palavras-chave


literatura; leitura literária; mediação pedagógica

Texto completo:

PDF

Referências


BRITO, M. L. N. A representação da literatura no Ensino Médio: estudo de caso no Colégio de Aplicação CAP/COLUNI, em Viçosa – MG. 2012. 138 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.

CHARTIER, R. Práticas da Leitura. Trad. Cristiane Nascimento. São Paulo: Estação Liberdade, 2011.

CLOT, Y. A interfuncionalidade dos afetos, das emoções e dos sentimentos: o poder de ser afetado e o poder de agir. In: BANKS-LEITE, L.; SMOLKA, A. L. B.; ANJOS, D. D. (orgs). Diálogos na perspectiva histórico-cultural: interlocuções com a clínica da atividade. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2016.

DINIZ-PEREIRA, J. E. A construção social do individualismo na profissão docente: como transcender as fronteiras tradicionais da identidade dos professores? Revista de Educação PUC-Campinas, [S.l.], v. 20, n. 2, p. 127-142, nov. 2015. Doi: .

LEAHY-DIOS, C. Educação Literária como Metáfora Social – Desvios e rumos. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

MAGNANI, M. R. M. Leitura, Literatura e Escola – Sobre a Formação do Gosto. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

ROCCO, M. T. F. Literatura/Ensino: uma problemática. São Paulo: Editora Ática, 1992.

SILVA, L. M. Memórias de leitura: a constituição do leitor escolar. 2005. 248 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2005.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016.

SOUZA, J. S. Z. O papel da família na constituição do leitor. In: LEITE, S. A. S. (org.). Afetividade e práticas pedagógicas. São Paulo: Casa do psicólogo, 2011.

TASSONI, E. C. M.; LEITE, S. A. S. Um estudo sobre emoções e sentimentos na aprendizagem escolar. Comunicações, Piracicaba. Ano 18. n. 2, p. 79-91, jul.-dez. 2011.

TOSTA, C. G. Vigotski e o desenvolvimento das Funções Psicológicas Superiores. Perspectivas em Psicologia, v. 16, n. 1, Jan/Jun, p. 57-67, 2012. Disponível em: . Acesso em: 02 fev. 2017.

VYGOTSKI, L. A formação social da mente. Trad. José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Afeche e Solange Castro Afeche. São Paulo: Martins Fontes, 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Leitura: Teoria & PráticaAssociação de Leitura do Brasil (ALB)
e-ISSN: 2317-0972 - ISSN da edição impressa: 0102-387X